Cabeçudo

   O Cabeçudo ou Peltocephalus dumeriliana é uma tartaruga aquática pertencente a ordem Pleurodira, ou seja, ao grande grupo dos mais conhecidos como cágados, que recolhem o pescoço lateralmente. Está espécie não apresenta o pescoço comprido como seus primos caçadores pois evoluiu para uma alimentação mais vegetariana, composta de folhas, frutas e sementes, porém não rejeita pequena quantidade de proteína animal quando disponível, sendo que os animais mais jovens tem maior afinidade e necessidade de proteínas para auxiliar no crescimento e os adultos uma predileção por vegetais, podendo então ser classificados como onívoros.
   Essa espécie Ocorre nas Bacias dos rios Amazonas e Orinoco na Venezuela, leste da Colômbia, leste do Equador, nordeste do Peru, Guiana Francesa e Brasil, habitando às margens dos rios de água escura, planícies alagadas e pântanos.

   O Cabeçudo tem esse nome devido a uma particularidade da espécie, sua enorme cabeça de formado triangular que serve de base para suas poderas mandíbulas, as quais possibilita o animal se alimentar de frutas e sementes duras. Sua carapaça é oval e pode atingir cerca de 68 centrimetros de comprimento curvilineo. Sua coloração pode variar entre o cinza, o verde oliva, o marrom até quase preto. São encontrados comumente animais de peso médio igual a 8,8 ± 3,2 kg, podendo vairar de 3 a 16 kg e tamanho médio igual 43,5 ± 5,9 centímetros de comprimento curvilíneo de carapaça, sendo mais comumente encontrados animais variando de 29 a 54 centímetros de c.c.c.

   Apesar dessa espécie ser grandemente apreciada na culinária local amazônica e de ser mantida comumente em cativeiro, a mesma não se encontra na lista de animais ameaçados de extinção.

   A reprodução tem início na estação seca, quando começa a postura dos ovos, que ocorre no meio de dezembro. As fêmeas a partir dos 10 anos de idade aproximadamente e os 30 cm de carapaça iniciam a idade reprodutiva cavando buracos de cerca de 70 centimetros de profundidade em matas de igapó, evitando praias arenosas, onde depositam cerca de 7 a 25 ovos por postura, sendo que quanto maior a fêmea, maior será a quantidade de ovos depositados. Após um período de 90 a 110 dias iniciam os nascimentos de tartaruguinhas com cerca de 4 a 6 centimetros de comprimento curvilineo de carapaça. Essa espécie apresenta dimorfismo sexual genotípico (DSG), onde a temperatura de incubação dos ovos não influência no sexo das tartaruguinhas que irão nascer.

Dados do Quelônio:
Nome: Cabeçudo
Nome Científico: Peltocephalus dumeriliana
Local onde Vive: América do Sul
Peso: Cerca de 16 quilos
Tamanho: 70 centímetros de comprimento
Alimentação: Onívora

Classificação científica:
Filo: Cordados
Sub-Filo:Vertebrados
Super-Classe:Tetrápodos
Classe:Répteis
Sub-Classe:Anapsida
Super-Ordem: Quelônios
Ordem: Pleurodira
Família: Podocnemidae
Gênero: Peltocephalus
Espécie: Peltocephalus dumeriliana (Schweigger, 1812)


loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.