Tartaruga Gigante de Galápagos de Cerro Fatal - Chelonoidis donfaustoi - Tartarugas AVPH 


    Pesquise no Grupo AVPH

loading...

Tartaruga Gigante de Galápagos de Cerro Fatal


    A Tartaruga Gigante de Galápagos de Cerro Fatal (Chelonoidis donfaustoi), é uma enorme espécie de tartaruga terrestre que habita a região de Cerro Fatal, que é uma pequena área seca de aproximadamente 40 km², a leste da Ilha de Santa Cruz, no Arquipélago de Galápagos. O nome da espécie é uma homenagem Fausto Llerena Sánchez, mais conhecido como “Don Fausto”, que dedicou 43 anos de serviço (1971–2014) a conservação das tartarugas gigantes de galápagos no Parque Nacional de Galápagos.


    São uma das maiores espécies de tartarugas existentes em Galápagos, podendo ultrapassar facilmente os 1,05 metros e chegar a 1,25 metros de comprimento linear de carapaça e pesar 230 quilogramas. Sua carapaça possuí formato de domo ovalada, sendo mais elevada no centro do que na parte da frente e sua coloração é bem escura.

    As Tartaruga Gigante de Cerro Fatal fazem parte de uma linhagem mais nova de tartarugas gigantes, que se desenvolveu a cerca de 430 mil anos atrás, juntamente com as espécies que habitam San Cristóbal, Pinta, Espanhola e Santa Fé. Esta linhagem é considerada mais nova quando comparada com a linhagem de tartarugas que originou a Tartaruga Gigante de Santa Cruz, que se desenvolveu a cerca de 1,74 milhões de anos atrás, juntamente com as espécies que habitam Isabela, Floreana e Pinzón.

    Essa espécie foi bem devastada devido a exploração pesada por óleo na década de 1930. Seus status de conservação é considerado ameaçado de extinção pela IUCN e está listado no apendice I do CITES. O sucesso reprodutivo dessa espécie foi severamente prejudicado durante muitos anos pela presença de cães e porcos selvagens. Atualmente se estima que sua população seja próxima de 250 indivíduos. Análises de DNA mitocondrial mostraram que existem 3 populações geneticamente distintas na ilha de Santa Cruz.

    Para saber mais informações genéricas sobre ela acesse: Tartarugas Gigantes de Galápagos e sobre as outras espécies de Tartarugas Gigantes que habitam Galápagos clique nos nomes dos links abaixo.

Filogenia:

Chelonoidis

Chelonoidis carbonaria (Jabuti piranga)



Chelonoidis denticulata (Jabuti Tinga)




Chelonoidis chilensis (Tartaruga do chaco)




Chelonoidis chathamensis (Tartaruga Gigante de Galápagos de São Cristobal)



Chelonoidis hoodensis (Tartaruga Gigante de Galápagos de Espanhola)



Chelonoidis nigra (Tartaruga Gigante de Galápagos de Floreana)



Chelonoidis abingdonii (Tartaruga Gigante de Galápagos de Pinta)



Chelonoidis sp (Tartaruga Gigante de Galápagos de Santa Fé)



Chelonoidis donfaustoi (Tartaruga Gigante de Galápagos de Cerro Fatal)



Chelonoidis porteri (Tartaruga Gigante de Galápagos de Santa Cruz)



Chelonoidis duncanensis (Tartaruga Gigante de Galápagos de Pinzón)



Chelonoidis darwini (Tartaruga Gigante de Galápagos de Santiago)



Chelonoidis wallacei (Tartaruga Gigante de Galápagos de Rabida)



Chelonoidis becki (Tartaruga Gigante de Galápagos do Vulcão Wolf)



Chelonoidis vicina (Tartaruga Gigante de Galápagos do Vulcão Cerro Azul)



Chelonoidis microphyes (Tartaruga Gigante de Galápagos do Vulcão Darwin)



Chelonoidis vandenburghi (Tartaruga Gigante de Galápagos do Vulcão Alcedo)



Chelonoidis guntheri (Tartaruga Gigante de Galápagos do Vulcão Sierra Negra)



Chelonoidis phantastica (Tartaruga Gigante de Galápagos de Fernandina)







Dados do Quelônio:
Nome Comum: Tartaruga Gigante de Galápagos de Cerro Fatal ou Eastern Santa Cruz tortoise
Nome Científico: Chelonoidis porteri
Local onde vive: Leste da Ilha de Santa Cruz no Arquipélago de Galápagos
Peso: Cerca de 230 quilogramas
Tamanho: 1,25 metros de comprimento linear de carapaça
Alimentação: Onívora

Classificação Científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Testudines
Família: Testudinidae
Gênero: Chelonoidis
Espécie: Chelonoidis donfaustoi Poulakakis et al, 2015.

Sinônimos:
- Testudo nigrita Duméril & Bibron, 1835.
- Testudo porteri Rothschild, 1903.
- Testudo elephantopus nigrita Mertens & Wermuth, 1955.
- Geochelone elephantopus porteri Pritchard, 1967.
- Geochelone nigrita Pritchard, 1967.
- Chelonoidis nigrita Bour, 1980.
- Geochelone elephantopus nigrita Honegger, 1980.
- Geochelone porteri Fritts, 1983.
- Chelonoidis elephantopus nigrita Obst, 1985.
- Geochelone nigra porteri Stubbs, 1989.
- Chelonoidis elephantopus porteri Gosławski & Hryniewicz, 1993.
- Chelonoidis nigra nigrita David, 1994.
- Geochelone nigra perteri Müller & Schmidt, 1995 (ex errore).
- Chelonoidis nigra porteri Bonin, Devaux & Dupré, 1996.
- Chelonoidis porteri (Rothschild, 1903).

Referências:
- Poulakakis N, Edwards DL, Chiari Y, Garrick RC, Russello MA, Benavides E, et al. (2015) Description of a New Galapagos Giant Tortoise Species (Chelonoidis; Testudines: Testudinidae) from Cerro Fatal on Santa Cruz Island. PLoS ONE 10(10): e0138779. doi:10.1371/journal.pone.0138779.



loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.