Tartaruga Gigante de Galápagos de Santiago - Chelonoidis darwini - Tartarugas AVPH 

    Pesquise no Grupo AVPH

Tartaruga Gigante de Galápagos de Santiago


    A Tartaruga Gigante de Galápagos de Santiago (Chelonoidis darwini) ou Tartaruga Gigante de Galápagos de James, é uma enorme tartaruga terrestre que habita a região centro-oeste da Ilha Santiago que também é conhecida como James Island, foi nomeada em homenagem a Charles Darwin.


    A carapaça possuí coloração cinza escuro e seu formato é intermediário entre sela e domo e as placas marginais da carapaça são levemente serrilhadas. Seu tamanho também é intermediário, raramente ultrapassando os 1,10 metros de comprimento de carapaça e os 130 quilogramas.

    Um grande número de tartarugas dessa espécie foram retirados dessa ilha no início do século XIX por navios baleeiros. Os caprinos que foram introduzidos na ilha reduziram as planícies costeiras em desertos, restringindo as áreas habitáveis para as tartarugas apenas no interior. Essa alteração climática desequilibrou a razão sexual de nascimentos em favor de machos. Porcos também foram introduzidos na ilha posteriormente e mais ninhos e jovens começaram a ser massacrados.

    Em 1970 começaram a transportar ovos para a Estação de Pesquisa Charles Darwin para efetuar incubação artificial e a criação das tartaruguinhas até idade juvenil, para posterior soltura. Esse programa entre outras medidas de proteção dos ninhos, bem como a retirada dos invasores da ilha têm se mostrado bem sucedidos.

    Atualmente existem cerca de 1.165 indivíduos, com uma forte concentração na população masculina remanescente, fato este que impede uma recuperação rápida da população total. Seu exemplar mais famoso é a fêmea chamada Harriet, que faleceu em 2006 no Zoológico Australiano chamado Austrália Zoo. Provavelmente Harriet nasceu em novembro de 1830 (Seu aniversário é celebrado em 15 novembro), quando ela tinha 5 anos de idade foi capturada por Sir Charles Darwin em sua viagem no HMS Beagle e foi levada para a Inglaterra juntamente com outras 3 tartarugas gigantes para estudos científicos, Robert FitzRoy, o capitão, recolheu dois exemplares da ilha de Española, Darwin um de Santiago (também conhecido como São Salvador) e o seu empregado Syms Covington outro de Santa Maria. Duas delas morreram nos primeiros meses, em 1841, o naturalista ofereceu a sua tartaruga e a de Covington a John Wickham, um colega da viagem, que depois a doou ao Jardim Botânico de Brisbane City Botanic Gardens (na austrália) em 1842, onde o clima era mais parecido com o seu local de origem (Arquipélago de Galápagos), em 1952 ela foi transferida para um santuário animal chamado Australia's Gold Coast.

    No começo da década de 1960 foi que finalmente descobriram que ele era ela, pois antes disso Harriet era chamada de Harry e se pensava que era um macho. As Tartarugas Gigantes de Galápagos demoram muitos anos para apresentarem dimorfismos sexuais (diferenciação entre os sexos). Finalmente em 1988 ela foi transferida para o Australia Zoo onde faleceu com seus 178 anos de idade e 180 quilos. Na época ela estava sendo considerada um dos animais mais velhos do mundo !

    Existem controvérsias sobre a "estória" dessa Tartaruga, com certeza sabe-se que o animal estava no Jardim Botânico de Brisbane em 1870. A partida para a Austrália de Wickham em 1841 é confusa, uma vez que os censos australianos mostram que este marinheiro já estava lá nesse ano. A história da vida de Wickham conta que ele só reviu Darwin após a viagem do Beagle numa reunião realizada em Londres em 1862. Contrariando assim a hipótese de Harriet ter sido o animal de estimação de Darwin. Através da correspondência de Robert FitzRoy, sabe-se que as tartarugas recolhidas pelo capitão do navio morreram pouco depois da chegada, não podendo se tratar de Harriet. Recentemente, foram realizados estudos do DNA mitocondrial de Harriet, que desacreditam mais ainda a sua ligação a Darwin. A análise genética mostra que Harriet pertencia à espécie Chelonoidis porteri, típica de Santa Cruz, uma ilha que Darwin e os seus companheiros não visitaram. Este estudo confirma, no entanto, que Harriet estava viva em 1835 e que pelo menos possuía 178 anos de ideda.

    Seus status de concervação é considerado ameaçado de extinção pela IUCN e está listado no apendice I do CITES. Entretanto seu habitat foi recuperado, cabras, porcos e macacos foram eliminados da ilha de Santiago e a vegetação está se recuperando.

    Para saber mais sobre ela acesse: Tartarugas Gigantes de Galápagos e sobre as outras espécies de Tartarugas Gigantes que habitam Galápagos clique nos nomes dos links abaixo.

Filogenia:

Chelonoidis

Chelonoidis carbonaria (Jabuti piranga)



Chelonoidis denticulata (Jabuti Tinga)




Chelonoidis chilensis (Tartaruga do chaco)




Chelonoidis chathamensis (Tartaruga Gigante de Galápagos de São Cristobal)



Chelonoidis hoodensis (Tartaruga Gigante de Galápagos de Espanhola)



Chelonoidis nigra (Tartaruga Gigante de Galápagos de Floreana)



Chelonoidis abingdonii (Tartaruga Gigante de Galápagos de Pinta)



Chelonoidis sp (Tartaruga Gigante de Galápagos de Santa Fé)



Chelonoidis donfaustoi (Tartaruga Gigante de Galápagos de Cerro Fatal)



Chelonoidis porteri (Tartaruga Gigante de Galápagos de Santa Cruz)



Chelonoidis duncanensis (Tartaruga Gigante de Galápagos de Pinzón)



Chelonoidis darwini (Tartaruga Gigante de Galápagos de Santiago)



Chelonoidis wallacei (Tartaruga Gigante de Galápagos de Rabida)



Chelonoidis becki (Tartaruga Gigante de Galápagos do Vulcão Wolf)



Chelonoidis vicina (Tartaruga Gigante de Galápagos do Vulcão Cerro Azul)



Chelonoidis microphyes (Tartaruga Gigante de Galápagos do Vulcão Darwin)



Chelonoidis vandenburghi (Tartaruga Gigante de Galápagos do Vulcão Alcedo)



Chelonoidis guntheri (Tartaruga Gigante de Galápagos do Vulcão Sierra Negra)



Chelonoidis phantastica (Tartaruga Gigante de Galápagos de Fernandina)







Dados do Quelônio:
Nome Comum: Tartaruga Gigante de Galápagos de Santiago ou Tartaruga Gigante de Galápagos de James
Nome Científico: Chelonoidis darwini
Época: Holoceno
Local onde viveu: Ilha de Santiago no Arquipélago de Galápagos
Peso: Cerca de 130 quilogramas
Tamanho: 1,10 metro de comprimento
Alimentação: Onívora

Classificação Científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Testudines
Família: Testudinidae
Gênero: Chelonoidis
Espécie: Chelonoidis darwini (Van Denburgh, 1907).

Sinônimos:
- Testudo wallacei Rothschild, 1902.
- Testudo darwini Van Denburgh, 1907.
- Testudo elephantopus darwini Mertens & Wermuth, 1955.
- Testudo elephantopus wallacei Mertens & Wermuth, 1955.
- Geochelone darwini Pritchard, 1967.
- Geochelone elephantopus darwini Pritchard, 1967.
- Geochelone elephantopus wallacei Pritchard, 1967.
- Geochelone wallacei Pritchard, 1967.
- Chelonoidis darwini Bour, 1980.
- Chelonoidis elephantopus darwini Obst, 1985.
- Chelonoidis elephantopus wallacei Obst, 1985.
- Chelonoidis nigra darwinii David, 1994 (ex errore).
- Chelonoidis elephantopus darwinii Rogner, 1996.
- Chelonoidis nigra darwini Bonin, Devaux & Dupré, 1996.
- Chelonoidis nigra wallacei Bonin, Devaux & Dupré, 1996.
- Cherlonoidis nigra wallacei Wilms, 1999.
- Geochelone nigra darwinii Ferri, 2002.
- Geochelone nigra wallacei Chambers, 2004.

Referências:
- Dennis M. Hansen, C. Josh Donlan, Christine J. Griffiths and Karl J. Campbell, Ecological history and latent conservation potential: large and giant tortoises as a model for taxon substitutions. Ecography 33: 272284, 2010. doi: 10.1111/j.1600-0587.2010.06305.x.
- P. P. V. DIJKI, J. B. IVERSON, A. G. J. RHODIN, H. B. SHAFFER, R. BOUR. Turtles of the World, 7th Edition: Annotated Checklist of Taxonomy, Synonymy, Distribution with Maps, and Conservation Status. 2014.



loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.